Aline 1.jpg

Aline Diniz

Sou jornalista e sócia de uma agência de comunicação. Trabalhei por sete anos como colunista e repórter de Economia, depois fui assessora em órgão público por mais três. Passados alguns anos, volto com vontade de escrever sobre o que eu gosto: os bastidores da economia do Espírito Santo.

Dez maiores projetos em execução no ES somam R$ 22,4 bi

Dez maiores projetos em execução no ES somam R$ 22,4 bi

 Foto: Divulgação / TRT

Foto: Divulgação / TRT

Vale o registro para acompanhar: levantamento do Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), divulgado nesta quinta-feira (03), aponta R$ 53,9 bilhões em investimentos em 467 projetos públicos e privados, com valores acima de R$ 1 milhão, entre 2017 e 2022.

Somente a Litoral Sul abocanha quase 50% dos empreendimentos. Na Metropolitana, o percentual é de 25,3%, segunda colocada entre as 10 microrregiões definidas no estudo. No setor industrial são R$ 50,2 bilhões em 384 projetos, sendo que 306 estão dentro da construção, com valor médio de R$ 100,2 milhões.

No setor de serviços, comércio e administração pública foram somados 82 (R$ 1,5 bi), que correspondem a 2,8% dos investimentos. No setor agropecuário, o destaque é apenas um: o terminal pesqueiro de Itaipava, com R$ 40,8 milhões. (leu a matéria no blog?)

Relação dos 10 maiores em execução

O estudo aponta os 10 maiores projetos em execução, que somam R$ 22,4 bi. Primeiríssimo está o de R$ 7,63 bi da Petrobras nos campos de Baleia Azul, Baleia Anã, Baleia Franca, Cachalote e Jubarte; seguido pelo condomínio Bairro Mirante da Barra, em Vila Velha, da Opportunity, com R$ 4 bi; e a tumultuada duplicação da 101, com R$ 3,2 bi.

Há ainda os da Shell, no Sul do Estado, de R$ 3 bi; Petrobras e Statoil com exploração e produção na Bacia do Espírito Santo (R$ 2,3 bi) e o navio sonda Arpoador também da Petrobras em Aracruz, em R$ 1,012 bi.

A lista contempla ainda o projeto de esgotamento sanitário de Vila Velha, pela Aegea Saneamento, de R$ 684 milhões; a nova sede do TRT (foto), em Vix, de R$ 211 milhões; esgotamento sanitário da Serra, de R$ 137,9 milhões; e empreendimento imobiliário temático em Pedra Azul, da Viverbem Construtora, que custará R$ 130 milhões.

Expansão e implantação em 2017

Cento e oito projetos foram concluídos em 2017, com valores superiores a R$ 1 milhão, totalizando R$ 4,4 bi em investimentos, em 41 municípios capixabas. Do total, R$ 2,9 bilhões foram para expansão de plantas e o restante (R$ 1,4 bi) para implantação.

Oportunidades bilionárias – de portos a usinas

O levantamento aponta ainda as 11 principais oportunidades de investimentos no Espírito Santo. Os empreendimentos portuários chamam atenção na lista: Porto Central (R$ 6 bi), Portocel (R$ 2 bi), Petrocity (R$ 1,3 bi), MLog (R$ 800 milhões) e Imetame (R$ 609 milhões). Há ainda a implantação da Estrada de Ferro 118, no valor de R$ 4 bilhões, investimentos da Anadarko, no setor de petróleo, de R$ 2,5 bi; e a implantação de uma usina termoelétrica a gás em presidente Kennedy (R$ 2 bi).

Estudo completo do IJSN: clique aqui.

03.05.2018 - Mercado

Pioneira no país, startup cria grupos de proteção compartilhada e promete fazer barulho no mercado de seguros

Pioneira no país, startup cria grupos de proteção compartilhada e promete fazer barulho no mercado de seguros

Escolaridade alta e salário médio de R$ 1.440: novo perfil do empregado no ES

Escolaridade alta e salário médio de R$ 1.440: novo perfil do empregado no ES